Medidas para mitigação de avalanches. Os habitantes de áreas montanhosas cobertas por neve sempre foram afetados pelo risco de avalanches. A necessidade de viver junto a essa ameaça levou a tentativas de mitigar o risco, construindo sistemas de estruturas artificiais.

O risco crescente de avalanches. O desmatamento e o desenvolvimento de infraestrutura turística nessas regiões resultaram em uma redução das barreiras naturais contra o desencadeamento de avalanches naturais. Além disso, a mudança no uso dessas regiões requer um aumento nos requisitos de segurança para proteger estações de esqui, áreas residenciais, estradas e ferrovias.

Nossas redes e cercas contra neve reduzem consideravelmente o risco de avalanches.

Reduzindo o risco de avalanche interrompendo-o em sua fonte.  Nossas estruturas contra avalanches são projetadas para estabilizar a camada de neve na área potencial de início da avalanche, evitando assim o seu desencadeamento. O volume de neve exerce uma pressão, que precisa ser absorvida pelas redes e transmitida para o solo por meio de um sistema de postes e ancoragens. A flexibilidade de nosso sistema resulta na redução das cargas exercidas sobre a estrutura, permitindo uma instalação mais eficiente. As cargas aplicadas dependem da inclinação da encosta, da espessura da camada de neve, das condições ambientais e da exposição da encosta em si.

A potencial necessidade de múltiplas linhas de defesa. A barreira ou rede contra avalanches deve ser posicionada na área onde há potencial para desprendimento de neve. Pode ser necessário instalar diversas linhas de estruturas, em níveis de inclinação acima e abaixo de um ponto onde há potencial para falha. Os limites de propagação da falha de cisalhamento e o movimento resultante da massa de neve.

Nossas soluções têm aprovação da SFISAR. Nossas barreiras contra avalanches de até 4,5 m de altura foram aprovadas pelo Instituto Federal Suíço para Pesquisa de Neve e Avalanche em Davos – SFISAR, “Swiss Guidelines for avalanche control structures in the starting zone”, 2006.

Produtos

need more information maccaferri